• Mude! UFMG Jr.

Moda Colaborativa


Os Millenials, como são chamadas as pessoas nascidas no segundo milênio, fazem parte da geração y e são conhecidos por preferirem experiências ao em vez de coisas. Esse comportamento tem tudo a ver com a economia colaborativa, que transforma posse em propriedade utilizando modelos de negócio de compartilhamento de produtos.

No Brasil, são produzidas cerca de 170 mil toneladas de resíduos têxteis por ano. O forte consumismo da moda guiada pelas tendências, em conjunto com a produção acelerada da fast fashion faz com que roupas sejam descartadas em lixões e aterros sanitários e muitas ficam acumuladas no armário, sem nunca serem usadas.

O movimento de slow fashion visa moderar a velocidade de produção/consumo onde uma de suas soluções é a moda colaborativa que, tem como foco compartilhar roupas, espaço de produção, coworking gerando menor consumo e movimentando a economia.

O netflix de roupas funciona como um armário compartilhado, uma biblioteca de moda em que as roupas ficam disponíveis para serem alugadas por um período de tempo, assim como na Netflix, em que você paga um preço fixo e tem todo o acervo disponível. Algumas marcas já utilizam esse serviço no Brasil.

CINCO CINCO

A Cinco cinco é o primeiro co-dressing do Brasil e tem um serviço de aluguel de roupas em troca de uma mensalidade. O acervo localizado em Belo Horizonte, dispõe de peças do segmento festa e casual que são doadas por marcas locais, as quais podem divulgar seu trabalho, enquanto os clientes contam com peças novas.

ARMÁRIO COMPARTILHADO

O Armário compartilhado, também localizado em Belo Horizonte, é uma loja de aluguel de vestidos de festa e acessórios em que é possível alugar ou compartilhar sua roupa de festa recebendo uma comissão a cada aluguel. As peças podem ser entregues com custo de frete ou retiradas no showroom da loja.

BLIMO

Outro armário compartilhado é a BLIMO, que fica em São Paulo e utiliza planos de assinatura mensal para o aluguel de looks que podem ser retirados por um tempo determinado, sendo possível também pegar peças novas todos os dias.

MALHA

Moda colaborativa não é só pensar o consumo mas também a produção, além do co-dressing é possível compartilhar o espaço de trabalho e desenvolver parcerias de criação com o coworking e o cosewing.

AHLMA

A Ahlma é uma nova marca colaborativa sob o comando de André Carvalhal, autor dos livros A moda imita a vida e Moda com propósito. Seu modelo de produção é invertido, as peças são produzidas a partir o material disponível e sua colaboração se relaciona com a co-criação de parceiros, fornecedores clientes e funcionários.

Gostou do post? Então não esqueça de comentar o que achou, e nos compartilhar também!

#slowfasion #modacolaborativa #moda #trend #tendências #cincocinco #blimo #ahlma

FOLLOW ME

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Preto Ícone LinkedIn
  • Black Pinterest Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black Twitter Icon

STAY UPDATED

POSTS RECENTES

TAGS

INSTAGRAM

Prédio do Design de Moda

Rua Leopoldino dos Passos, 33 – Bairro São José

Belo Horizonte/MG

mudeufmg@gmail.com

(31) 3492-1257

© 2017 por Taís Ribeiro e Thaís D'Angelo. Criado pelo Wix.com