O que marcou a 23ª edição do Minas Trend?

6 Nov 2018

 

 

Na última semana aconteceu a 23ª edição do Minas Trend. A feira traz o status de capital da moda brasileira aqui para Belo Horizonte nesse breve período, o evento, que apresentou as tendências para o inverno de 2019 contou com algumas novidades, como a direção criativa de Ronaldo Fraga, que falou um pouco sobre o objetivo de todo esse acontecimento: “Nós estamos aqui com a indústria do efêmero, que como nenhuma outra consegue marcar época e ser inesquecível, porque é isso que a roupa provoca. A moda é um retrovisor do tempo. Queiramos ou não, ela tem que refletir isso”.

 

Nós da Mude! marcamos presença no evento e, agora trazemos tudo o que rolou nos desfiles do Minas Trend pra vocês.

 

Na segunda-feira (29/10)  o SINDIJOIAS trouxe, em seu terceiro desfile, as marcas Atelier Chilaze, Camila Klein, Hector Albertazzi, Letícia Sarabia, Palone Design e SD por Sheila Morais que, apresentaram para o público uma coleção inspirada no poema Convite à viagem de Charles Baudelaire.

 

Em suas composições foi possível ver as propostas de bijoux, folheados e jóias para a próxima estação. A mistura inusitada de materiais e o conceito de maxi acessórios marcaram a passarela.

A segunda apresentação da noite for por conta do grupo alagoano composto pelas marcas Alana Tenório, Aquas BeachWear, Ateliê Criar, Caleidoscópio, Carol Paz, Endy Mesquita, Leila Monteiro, Maneka, Manu Mortari, Nathália Amaral, Sandra Cavalcante e Estúdio Monteferro.

 

O grupo trouxe uma coleção inspirada na cultura de Alagoas. O desfile trouxe para o público a experiência de poder sentir a vida do estado por suas cores, shapes e identidade. A transparência, as técnicas manuais e as cores terrosas e pastel foram a essência do desfile.

Victor Dzenk fechou a noite com sua coleção inspirada na atmosfera portuguesa, utilizando muitos lenços e abusando da fluidez, Victor trouxe para a passarela um trabalho encantador!

 

 A brasilidade sempre presente em seu trabalho teve seu lugar na coleção por conta das estampas inspiradas no trabalho da artista plástica Clara Valente. Além das estampas em cores contrastantes e os florais, viu-se também muito plissado e bordado, e o acetinado marcou presença em quase todas as composições.

Dando início à segunda noite (30/10) do line up do Minas Trend, Patricia Motta trouxe para a passarela um mood de tranquilidade com sua coleção inspirada na aurora boreal.Como de costume, a marca trabalhou suas técnicas no couro e bordados como o macramê.

 

A alfaiataria, também já tradicional da marca, foi aliada a shapes modernos e minimalistas. O resultado disso foi uma coleção toda em tons de azul, verde, branco e preto que trouxeram novas possibilidades para o que se entende por couro.

A segunda marca a se apresentar na noite foi a de Denise Valadares que em sua estréia no Minas Trend trouxe para o público uma coleção toda inspirada no universo do country, com muito bordado, transparência e brilho. A brincadeira com a alfaiataria, a forma como a transparência (tule) foi utilizada e as flores são os pontos principais da apresentação.

A terceira apresentação da noite foi da grife Chris Gontijo que trouxe seu desfile loungewear inspirado na temática botânica que, contou com a presença de muita fluidez.

 

O desfile mostrou para o público um universo etéreo com a aplicação de patches de insetos e estampas florais desenvolvidas pela designer têxtil Maria Elena Mastrojeni. A influência oriental e a mistura dos tons pastel com cores escuras como o azul marinho e o preto são o grande destaque na passarela.

A última grife a se apresentar foi a Manzan, que trouxe para seu inverno de 2019 a imagem da mulher e toda a sua representatividade, aliado à isso, buscou também inspiração no Jardim de Tuileries (Paris).

 

A marca trouxe para a passarela uma coleção com o foco principal na textura, ora por meio de paetês, ora por meio de franjas. A alfaiataria teve seu lugar incontestável na apresentação junto do shape desconstruído aplicado em alguns decotes.

Após esse breve resumo do que aconteceu no Minas Trend dessa temporada e as possibilidades trazidas pelos nomes que desfilaram, é possível ter uma noção do que o mercado da moda vai apresentar nos próximos meses. Muito brilho, texturas diversas, flores e transparência são candidatos perfeitos para o “novo preto”.

 

Não esqueça de nos contar o que você pensa sobre isso tudo! Nos curta e compartilhe também!

 

 

 

Gostou?
Please reload

FOLLOW ME

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Preto Ícone LinkedIn
  • Black Pinterest Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black Twitter Icon

STAY UPDATED

POPULAR POSTS

September 25, 2020

Please reload

TAGS