Semana de Moda de Londres + outros eventos de moda virtuais

2 Jul 2020

 

Com o cancelamento de eventos como uma medida preventiva contra o coronavírus, muitos desfiles e shows do mundo fashion encontraram saída no mundo virtual. Já não é novidade que a área voltada para eventos foi fortemente impactada pela pandemia, já que medidas contra aglomerações (que são de extrema importância) foram tomadas. Muito dos desfiles da Semana de Moda, por exemplo, passaram por esse corte. Ainda assim, tivemos exemplos, logo no início da pandemia, de algumas saídas: quando o vírus começava a  se propagar na Itália, país que foi fortemente afetado, no meio da Semana de Moda de Milão,  Giorgio Armani cancelou o evento presencial, e transmitiu ao vivo a coleção “Velvet Notes” de Outono/Inverno 2020-21. As modelos desfilaram para uma plateia fantasma, mas os modelos foram vistos por milhares de pessoas ao redor do mundo. 

 

Outro evento importante que foi totalmente online foi a Parada LGBTQIA+ de São Paulo, que comentamos aqui em uma das nossas últimas postagens no instagram e no blog. 

 

Bom, é claro que estas iniciativas não ficaram só por conta da Armani e da Parada LGBTQIA+, neste último mês, a Semana de Moda de Londres foi totalmente virtual! A LFW foi realizada entre os dias 12 e 14 de junho, , e ao invés de desfiles presenciais, o evento mais fashion da terra da rainha teve entrevistas, podcasts e apresentações no site oficial da LFW. Mas o melhor de tudo é: foi um evento totalmente gender neutral, pela primeira vez em seus 40 anos de história. 

 

Como assim? Bom, se você não é muito ligado em Semanas de Moda a gente explica: normalmente as coleções femininas e masculinas são apresentadas separadamente, em eventos e datas diferentes. As coleções masculinas normalmente ocorrem acontecem nos mesmos meses dos desfiles da alta costura, que abordam coleções femininas, alguns dias antes. A questão é que no caso da Semana de Moda de Londres, todo conteúdo foi pautado tanto na moda masculina, feminina e de gênero neutro. Nós aqui da Mude! adoramos. 

 

Além disso, como foi dito anteriormente, o evento virtual também contou com palestras e discussões, onde os designers tiveram a oportunidade de compartilhar suas experiências nos últimos meses e discutir outras questões importantes que a indústria enfrenta atualmente com a pandemia e outras mudanças que estavam em curso.

 

E falando de mudanças: será que eventos virtuais como a da Semana de Moda de Londres serão ainda mais recorrentes no mundo da moda? 

 

Bom, podemos ver o quanto as plataformas digitais tem se mostrado um bom ambiente para se produzir e divulgar conteúdo, ainda mais agora, que por conta do isolamento social, vamos ficar cada vez mais conectados. A tendência é, como muitos especulam, que a migração para as redes sociais vai ser ainda maior, e o investimento pelas marcas e instituições nessas plataformas digitais será ainda mais necessária. Além disso, há também a especulação que depois da pandemia, as pessoas passem a evitar aglomerações. 

 

Refletindo um pouco sobre como Moda pode ser entendida como comportamento, é muito provável que esta se torne sim, uma alternativa para muitos eventos no futuro. Isso também porque tem se mostrado realmente viável, e pode alcançar um enorme público. 

 

Mas ainda sim, acredito que não será o fim dos desfiles presenciais, já que eles são, para muitos, o ápice da moda, e envolve uma grande quantidade de profissionais envolvidos, além de meses de preparação. 

Os desfiles, sem dúvida, ainda vão, e devem, mudar. Além de se atentar a questões importantes como uma maior diversidade e inclusão na escala de modelos e de profissionais, o digital será agora, uma necessidade. 

 

 

 

Gostou?
Please reload

FOLLOW ME

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Preto Ícone LinkedIn
  • Black Pinterest Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black Twitter Icon

STAY UPDATED

POPULAR POSTS

October 9, 2020

September 30, 2020

September 25, 2020

Please reload

TAGS