• Alice Galvão

Moda sustentável x Moda consciente


Durante a última década temos escutado muito falar sobre sustentabilidade, não deu para virarmos as caras sobre as questões ambientais mais, as consequências dos nossos atos se tornaram enormes. Com isso, a conscientização social sobre o que está acontecendo com o mundo passou a ser maior, sobre o que devemos fazer, quais atos podemos mudar e o que afinal essa palavra sustentável e consciente significam para nós. Dentre essas mudanças, é claro que a moda não ficaria de fora, tendo um papel muito importante sobre comportamento social, moda sustentável e moda consciente, tem diferença? O que cada um quer dizer?

Então, vamos lá!

Moda sustentável:

Para criar uma roupa, calçado ou acessório é necessário que tenha um longo percurso para então a peça estar diante de você, desde o plantio de algodão (por exemplo), colheita, produção, processamento, transporte, uso e descarte. Tudo isso gera um número grande de agrotóxicos usados na plantação de algodão, tintas e produtos químicos utilizados na fabricação e os resíduos das roupas descartadas por todos. A moda sustentável é baseada na preocupação da maneira como as roupas são produzidas, tentando não gerar qualquer ou a diminuição dos impactos no meio ambiente.

Podemos falar que a moda sustentável vai contra o sistema de Fast-Fashion, que o objetivo é ter uma maior produção de roupa, para maior venda e as produções são feitas em países subdesenvolvidos, em que as condições de trabalhos são precárias e salário varia entre 2 a 3 dólares. Quando pensamos em moda sustentável estamos falando de um cuidado especial com a peça em todos os processos dela, e não somente a peça, como também todos que estão por trás do produto, o cuidado, atenção e valorização de produtores, costureiras etc.

Moda consciente:

Enquanto na moda sustentável destacam-se os produtores, na moda consciente o consumidor é o protagonista. Há uma maior preocupação em de onde vem as roupas, quem as produziu, quanto ganhou para isso, os impactos ambientais que ela causou, também é sobre ter a consciência do porque você está comprando aquela peça, se você realmente precisa dela e também a preocupação com o posterior da roupa, onde ela vai parar e como vai ser reutilizada.

O consumidor consciente é aquele que procura consumir apenas moda sustentável.

Essa pessoa consume roupas com significado, que gerem diálogos, eles não estão atrás de tendências que são efêmeras, procuram roupas atemporais. Assim, o consumidor expressa por meio de suas compras os valores que ele tem e acredita, sabendo que tem um papel muito importante e transformador nessa luta.

Conseguiu perceber a diferença? Os dois conceitos se complementam, mas não são iguais! Conforme os anos foram passando essas ideias se tornaram cada vez mais concretas nos valores da sociedade, acredita que as marcas que não seguirem uma moda mais sustentável, que não estão dispostas à mudança, vão acabar ficando para trás. E um leva ao outro, com as marcas e produtores se conscientizando a sociedade vai se educando também, o que é extremamente necessário. Já estamos percebendo, com tudo que estamos vivendo, que o mundo não pode continuar do jeito que era, não temos espaço para a “antiga moda destrutiva”, o planeta grita por mudança!

FOLLOW ME

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Preto Ícone LinkedIn
  • Black Pinterest Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black Twitter Icon

STAY UPDATED

POSTS RECENTES

TAGS