• Mude! UFMG Jr.

Styling: Uma filosofia do Design


Estudantes e apreciadores ou não de moda, muitos já devem ter ouvido falar nesse nome comumente associado à ela: Styling. Repleta de termos e singularidades, a moda têm em si um emaranhado de conceitos que sustentam e entrelaçam cada uma de suas áreas.

Contudo, a origem desse termo vai muito além de sua aplicação na moda, uma vez que o seu surgimento se deu em um momento emblemático na história dos Estados Unidos: A crise de 1929. Mas, você deve estar se perguntando como se dá essa ligação, não é mesmo?

Tudo começou com os Estados Unidos que desde o início da década de 1920 vivia um momento de euforia econômica, apresentando um leque de possibilidades e oportunidades em áreas diversas. Tal fato se deu devido ao baixo impacto causado pela Primeira Guerra Mundial (1914-1918) em seu território, o que permitiu que o país tivesse o aumento de sua economia a partir da produção de suprimentos para os demais países que participavam da guerra.

Entretanto, em um cenário de aumento de produção e consumo chegou-se em momento em não havia mais mercado para prosseguir tal aumento, o que culminou na quebra da Bolsa de Valores de Nova York em 1929.

Com isso, inúmeras medidas foram tomadas com intuito de contornar a crise e nesse contexto se insere o Styling. Este, cuja tradução é estilo, configura-se como uma das filosofias do Design e teve como um dos seus maiores representantes Raymond Loewy, um dos mais conhecidos designers industriais do século XX.

(Raymond Loewy)

No cenário de crise, era preciso fazer com que os produtos e mercadorias fossem cada vez mais aceitos pelo consumidor e um dos principais passos que poderia auxiliar em tal processo era torná-los mais atraentes objetivando, assim, o aumento de suas vendas. Sendo assim o styling que hoje conhecemos na área da moda tem como intuito a renovação de peças e acessórios do vestuário, de modo a torná-los cada vez mais atraentes, por meio de boas combinações feitas com o auxílio de composições bem elaboradas, com jogos de cores, formas e cenários.

O Styling torna-se então o braço direito da direção criativa de moda de marcas e grifes que tem todo seu trabalho de marketing realizado com base em seus conceitos. Têm se assim o surgimento de inúmeros profissionais e a áreas que atuam diretamente com o styling, tais como a produção e consultoria de moda, que serão vistos em posts posteriores.

Mas atenção, muitos confundem stylist com styling. O stylist faz uso do conceito de styling bem como o consultor de moda, produtor, figurinista e inúmeros outros profissionais da área.

Em suma, o Styling é o conceito de design que norteia as criações de modo a torná-las atraentes e coerentes com seu contexto, utilizando para isso recursos diversos de marketing, design e arte.

Gostou do post? Então compartilhe com a gente o que achou, deixando um comentário aqui em baixo. E continue nos acompanhando aqui e nas outras redes sociais!


FOLLOW ME

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Preto Ícone LinkedIn
  • Black Pinterest Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black Twitter Icon

STAY UPDATED

POSTS RECENTES

TAGS

INSTAGRAM

Prédio do Design de Moda

Rua Leopoldino dos Passos, 33 – Bairro São José

Belo Horizonte/MG

mudeufmg@gmail.com

(31) 3492-1257

© 2017 por Taís Ribeiro e Thaís D'Angelo. Criado pelo Wix.com