• Mude! UFMG Jr.

Entrevistas Minas Trend

Gabriel Álefe e Kamilly Amaral - 05 de Novembro de 2021

Nos dias 1 a 4 de novembro de 2021 aconteceu a 26ª edição do Minas Trend que exibiu as novidades de outono/inverno de 2022. A Mude! cobriu o evento e entrevistou algumas marcas que participaram do Minas Trend!


LUZZ


A LUZZ bijoux foi criada em 2020 em meio às dificuldades da pandemia do covid-19 e por causa disso, a marca encontrou dificuldades em alcançar as clientes. O serviço a domicilio foi a forma encontrada para driblar as dificuldades e se estabelecer no mercado.

“Em tempos de pandemia, foi preciso mudar e resignificar e a LUZZ veio a partir dessas mudanças."


A LUZZ possui 3 coleções diferentes de acessórios: coleção tramas, coleção de pedras naturais e coleção de resinados e esmaltados.

As metas para 2022 são aumentar o público e participar de mais eventos como o Minas Trend.


Libertees


A Libertees é uma marca de roupas para atacado criada em 2017 por Marcela e Daniela, a fábrica já existia desde 2013 na Penitenciária Feminina Estevão Pinto e Daniela era a diretora da confecção.

Marcela e Daniela perceberam que a ligação da moda com as detentas causava um impacto positivo em suas vidas e em 2017 decidiram criar a Libertees, que nasceu no Minas Trend daquele ano.


Em 2020 as criadoras encontraram dificuldades por causa do Covid-19, devido a escassez de EPI’s e pelo fechamento da fábrica na penitenciária. A Libertees conseguiu driblar as dificuldades através da produção de máscaras de tecido e criaram uma rede de funcionários com mais de 90 pessoas, muitas dessas que tinham ficado desamparadas por causa da pandemia.


O cenário da marca melhorou em 2021, chegando a desfilar em Milão com uma coleção sustentável.

“Dá orgulho representar Minas Gerais e Belo Horizonte em um evento de moda sustentável! É representar para o mundo o que a gente faz!” diz Daniela.


Daniela tem expectativas positivas para 2022, elas pretendem voltar para a unidade prisional e deu a notícia exclusiva que vão inaugurar uma loja de varejo em uma área muito interessante e descolada de Belo Horizonte.


Luiza Barcelos


A marca Luiza Barcelos foi fundada pela mãe de Luiza, Dorinha Barcelos, durante seus 50 anos, após um acontecimento com um calçado que ela mesma tinha produzido. Assim a mãe de Luiza observou uma oportunidade de negócios e após a compra da primeira fábrica a marca se iniciou. Luiza aos dezenove anos entra na marca como estilista, sendo formada pelo antigo curso extensivo de moda da Belas Artes.


Durante a entrevista concedida para Mude!, Luiza conta um pouco sobre as dificuldades na moda e da produção de moda, “Hoje Luiza Barcelos é uma empresa de trinta e dois anos, a gente sempre teve muito pé no chão, e sempre soubemos que é trabalho, que nada é fácil, são sempre desafios a serem vencidos, então tem que ter muita resiliência, muito trabalho, pesquisar sempre, nunca se dar por satisfeito e buscar sempre.”.

Luiza ainda nos dá o prazer de um conselho e para aqueles que estudam moda, “Moda não é glamour é suor e trabalho, não tem outra história. É dedicação diária, é uma dedicação muito grande, tem que ter muita resiliência e muita dedicação, tem que ter um olhar muito aberto.”.


Durante a pandemia, assim como outras, a marca teve uma pausa para entender um pouco mais sobre a nova realidade e desenvolver novas estratégias, segundo Luiza “A primeira decisão nossa de irmãos foi saber que não construímos a empresa sozinhos, dessa forma nós não demitiríamos ninguém. Então a primeira decisão muito importante é que nós faríamos tudo para não demitir, e foi o que nós fizemos, não demitimos ninguém e cada irmão foi pra uma área e se dedicou mais ainda junto com seu time, para nos tentarmos construir estratégias novas.”.


Além disso ela ainda fala um pouco sobre a importância de sua estratégia, acreditar no trabalho e reforçar a essência da marca, “A Luiza Barcelos cresceu em 2019, cresceu em 2020 e cresceu em 2021, as pessoas ligaram querendo franquia com comércio fechado, e a primeira coisa que fizemos foi reforçar nossa essência, enquanto todos foram fazer sapatos para ficar em casa e moletom nós fizemos tudo ao contrário, nós queríamos vender alegria, levantar a autoestima das pessoas, reforçando nossa essência e nossos valores, e foi assim que conseguimos vencer acreditando em nosso trabalho de casa.”, Luiza ainda reforça, “Mamãe sempre falava que nunca teve nenhum ano sem crise, sempre tinha desafios mas ela sempre vencia todos.".



Sobre sua nova coleção, Infinito, Luiza Barcelos conta um pouco sobre suas inspirações e vontades com a mesma, “Na coleção infinito, nós queremos que as mulheres se empoderem mais ainda, que as pessoas usem para poder caminhar pra frente, ver possibilidades e ver o futuro.”.

Segundo Luiza essa nova coleção vem aí pra trazer esse espírito alegre e festivo que o pós pandemia irá trazer, “É uma coleção que atende todos os gostos, uma coleção alegre, porque acreditamos que daqui pra frente com todo mundo vacinado, começamos a recuperar a esperança, uma vida nova com todos os aprendizados, com o que nos fortaleceu, e agora é caminhar para frente com mais esperança. Com bastante cor para nos trazer alegria, acho que a alegria nos enfeita.”.


Debora Germani


A marca Debora Germani surgiu em 1993, vinte sete a vinte oito anos de mercado, era produzida inicialmente pela própria Débora em seu espaço, porém com o aumento do volume e crescimento da marca em 1999 estabeleceu-se uma parceria com São Manoel, uma parceria que já dura há vinte e dois anos.


A marca tem uma identidade muito clássica, mas apesar da tradicionalidade há sempre uma perspectiva mais conceitual, um “voo um pouco mais alto”, além de trazer e representar algo muito novo.


A marca já participa do Minas Trend desde sua primeira edição, com uma ótima trajetória e relação com os produtores do evento, para Leonardo Brum, representante da marca, “O Minas Trend hoje, pós pandemia, representa possibilidade… só de estar aqui já inspira muita esperança de continuar, o Minas Trend é um recomeço”. Para a marca, apesar da mudança do mercado para o digital, a experiência presencial ainda é importantíssima, “Para o lojista é uma aposta, a gente quer que ele aposte com mais segurança e o Minas Trend representa isso”.


Além de todos os desafios que a pandemia trouxe para todos, para marca um dos maiores desafios foi a adaptação com essa nova perspectiva e experiência com o consumo digital, “O cliente pode se encantar pela foto, mas quando ele tem o produto na mão facilita muito ele se apaixonar”, para Leonardo Brum, representante da marca, a pandemia gerou um desafio de conseguir passar a experiência do produto para o cliente pelo digital através de fotos e videos, “Tivemos que nos reinventar para fazer o cliente ter essa sensação pelo produto pelo digital.".



* A entrevista foi feita por Luhen Nathili e Rodrigo Falqueto, as fotos foram tiradas por Elis Figueiredo e a matéria foi escrita por Gabriel Álefe e Kamilly Amaral. Nós da Mude! queríamos agradecer as marcas que toparam participar das entrevistas, muito obrigado.


FOLLOW ME

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Preto Ícone LinkedIn
  • Black Pinterest Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black Twitter Icon

STAY UPDATED

POSTS RECENTES

TAGS